Péssimo Sábado


Hoje eu acordei sentindo sua falta. Nossa, como isso é irritante. Jurei que não me importaria mais com você. Que ligaria o botão do Foda-se e que seguiria com minha vida. Até que eu estava indo bem com esse plano. Mas isso foi até te ver com outra. Ao ver-te beijando-a, meu mundo e a barreira que contruí contra você, desabaram e percebi que, lá no fundo, por tás da barreira, ainda te amo. Muito. Só fingi não amar durante todo esse tempo. Tentei enganar aos outros e a mim mesma. Então estou aqui vendo Glee e me entupindo de brigadeiro. E isso só me faz lembrar de você ainda mais.

Até o tempo me faz lembrar de você hoje. Esse friozinho gostoso. A essa hora estaríamos agarrados em baixo do cobertor vendo nossos filmes e seriados prediletos.

Não quero admitir, mas te quero. Te quero ainda mais do que sempre quis. Quero ouvir você dizer que sente muito e que ainda me ama. Que quer viver todos os nossos momentos novamente.

Nossa, como dói pensar que, nessa hora, você pode estar com aquela loira linda que vi contigo. Fazendo nossos programas. Dizendo que a ama.

Eu gosto de sofrer. Só pode.

Uma menina normal estaria tentando esquecer idiotas como você junto das amigas ou ficando com outros caras. Mesmo que só para tentar esquecer os idiotas das suas vidas. Mas eu tenho que insistir em lembrar de tudo o que aconteceu entre a gente. De tudo o que vivemos juntos. Além de estar ganhando vários quilos com essa panela de brigadeiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vamos verificar seu comentário!
Obrigada por te-lo feito!