Voltas

   O despertador toca às 06:00 da manhã, eu com medo do mundo não quero acordar, mas minha mãe bate à porta e eu não posso ficar no meu refúgio.
 Me arrumo para o inferno, sem ideia do que vai acontecer hoje.
  Chego antes de você na escola - o meu inferno - e fico chateada.
   Os minutos passam, e a cada segundo me desespero mais. Até que finalmente você chega. Quando te vejo meu coração bate mais forte e um sorriso brinca em meus lábios, mas ai eu lembro que as coisas não são mais como antes, e que, agora, eu sou apenas um fantasma na sua vida, e as lágrimas, que teimam em cair, escorrem livres por meu rosto.
   Ah, como eu queria que tudo voltasse a ser como era.
   Nossa amizade era tão forte que era como se fosse sustentada por várias cordas grossas prateadas, mas agora é como se fosse sustentada por apenas um pequeno fio prateado muito fino que as poucos está se rompendo, pois a cada dia você está mais longe de mim.
   Preciso pensar em alguma coisa rápido, pois a cada dia que você fica mais distante de mim, eu morro um pouco mais.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vamos verificar seu comentário!
Obrigada por te-lo feito!